Minha amiga secreta

Minha amiga secreta é uma pessoa muito especial pra mim. Sim, eu sei, todo mundo sempre começa o discurso de revelação com essa frase. Mas é verdade, ela é, e eu nem sei se ela sabe disso, já que nunca fui muito boa com esses sentimentalismos todos. Ou, talvez, ela saiba, sim. Não há ninguém que conheça, entenda e aprecie um colérico melancólico como ela.

Minha amiga secreta foi a primeira pessoa a me mostrar que não havia nada errado comigo, que era okay ser eu mesma, que eu não tinha que tentar ser mais calminha, mais boazinha, mais menininha. Essa doida queria ser minha amiga, mesmo quando eu respondia às suas mensagens (no finado MSN) com monossílabos desinteressados. Porque ela é assim: aberta, receptiva.

Minha amiga secreta sempre teve a casa e os braços abertos pra mim. Ela tem as filhas mais fofas e o marido mais legal. Na casa deles, sempre tem assunto pra conversar até tarde da noite, tem gente que sabe rir de si mesmo e tem um macarrão sem molho ou qualquer outra coisa que sirva pra gente chata comer.

Minha amiga secreta tem uma paciência enorme pros dramas das amigas - sejam eles reais ou nem tanto. Ela sempre tem um conselho e um ombro. Mesmo que a gente passe meses sem se falar, ela é como a irmã mais velha que eu nunca tive. Aquela irmã que está sempre cuidando de todos - mesmo que ela já tenha duas crianças em casa pra cuidar e seja uma mãe exemplar.

Minha amiga secreta merece alguém pra cuidar dela, no meio de todo o estresse do dia-a-dia, ainda que por apenas uma hora. Amiga Secreta, espero que goste do presente.

A propósito, feliz aniversário atrasado ;)

CONVERSATION

Back
to top