Amizade colorida (Friends with benefits)


O filme desta semana foi uma ótima surpresa. Eu me lembrava de ter visto a Ju recomendá-lo no blog há algum tempo, mas não esperava gostar tanto. 

Em Amizade Colorida (Friends with benefits, 2011), Jamie (Mila Kunis) e Dylan se conhecem quando ambos acabaram de sair de um relacionamento. Com objetivos profissionais, Jamie tem que convencer Dylan a aceitar uma oferta de emprego e se mudar de Los Angeles para Nova York, e ao passear pela cidade, os dois acabam ficando amigos. Eles estão sempre juntos e conversam sobre tudo, até que uma conversa sobre relacionamentos os leva ao sexo sem compromisso. Eles são amigos que fazem sexo, nada mais. Não seria uma comédia romântica se os sentimentos não ficassem confusos em algum momento.

Como sempre, eu me apaixonei pelos personagens no momento em que percebi o quão complexos eles eram e passei a torcer por eles individualmente e como casal. Ambos com medo da decepção que pode vir com o comprometimento, os dois não percebem que já estão em um relacionamento maior que a "amizade com benefícios" que eles alegam ter. E a química entre os atores é ótima, o que, combinado com as belas locações em NY e LA, deixou todas as cenas muito agradáveis de assistir.

Também gostei muito dos personagens coadjuvantes - incluindo Woody Harrelson ogro gay engraçadíssimo, Patricia Clarkson sempre ótima e Nolan Gould com aquele cabelo de miojo mais fofo que ele tinha antes de crescer. O pouco que vi sobre eles me fez desejar que o filme fosse uma série, para poder acompanhá-los por mais tempo.

De todos os filmes que assisti nos feriados de dezembro, este foi o que mais gostei. Ótimo para descontrair e terminar com um sorriso no rosto.

I really have to stop buying into this bullshit Hollywood cliche of true love.
Shut up, Katherine Heigl, you stupid, little liar!


CONVERSATION

Back
to top