[Playlist] Jesse & Joy


Quando comecei a estudar Espanhol, no fim de 2015, uma das primeiras coisas que fiz foi procurar músicas no idioma. Essa não foi uma tarefa fácil. Aliás, minha relação com o Espanhol nunca foi e continua não sendo fácil. Mas eu sabia que, se quisesse aprender - e eu quero - teria que tornar o idioma parte da minha vida, não apenas algo que eu estudo alguns minutos por dia, então, procurei até conseguir uma playlist decente que desse para eu ouvir uma ou duas vezes por dia.

No meio dessa busca, eu me lembrei de uma dupla que ouvi a Elisa comentando há alguns anos e que ela dizia ser "Sandy e Jr do México". E eu queria mesmo algo mais pop (e um pouco menos latino). Foi quando resolvi pesquisar por Jesse y Joy no Spotify e acabei gostando mais do que esperava.
Quiero amar y sin pensar entregarlo todo
Quiero que mi corazón intercambie su lugar con el de alguien especial
Quiero despertar, te quiero encontrar y me quiero enamorar
Os irmãos mexicanos têm mesmo um estilo parecido com o da dupla brasileira. Algumas músicas possuem um estilo e letras bastante juvenis (como Gotitas de Amor, que parece trilha sonora de novela da Daniela Lujan nos anos 90), mas também há algumas adultas e mais dramáticas, que combinam bem com a voz da Joy.

Dos quatro CDs, gosto de Electricidad (2009) e ¿Con Quién Se Queda El Perro? (2011) - não costumo ouvir álbuns inteiros, até porque o app do Spotify Free só permitir ouvir no modo aleatório, mas a maioria das músicas que gosto estão nesses dois. Acho o primeiro, Esta Es Mi Vida (2006) um pouco infantil e o último, Un Besito Más (2015) tem uma pegada rancheira que não me agrada. Minha música favorita é La de la mala suerte, simplesmente porque ela é ótima pra cantar. Também adoro ¿Con Quién Se Queda El Perro?, que tem uma letra bem legal, apesar do tema dramático, e Por siempremente, que é bem mais alegre que as outras e ainda me ensinou alguns advérbios (existentes ou não, fica aí a dúvida), já que tudo nela termina com "-mente". Outra favorita é Me quiero enamorar, com a qual eu me identifico nos momentos de carência. Por fim, More than amigos mistura o Espanhol com o Inglês e, ao mesmo tempo em que me diverte, dá um nó no meu cérebro (e também tem um ritmo legal, meio rancheiro, mas também meio pop-rock).

Enfim, embora eu continue brigando diariamente com o idioma, fiquei muito feliz por ter conhecido a dupla que tem me ajudado a não torná-lo mais presente ao longo do dia. Se alguém tiver mais sugestões nesse estilo, serão sempre bem-vindas. ¡Hasta la vista! 😘😉

CONVERSATION

Back
to top