Becky Bloom em Hollywood (Sophie Kinsella)

Becky Bloom em Hollywood - Shopaholic to the stars - Sophie Kinsella
Los Angeles, reduto das celebridades mais famosas do mundo, de estilo de vida enlouquecedor e perdulário, cenário perfeito para que Rebecca Brandon (ex-Bloom) possa realizar suas fantasias mais glamorosas. E é para lá que ela e a família vão quando seu marido Luke é contratado para cuidar da carreira da famosa atriz Sage Seymour - e para Becky isso é um sinal de que ela está destinada a ser produtora de moda da badaladíssima celebridade e, quem sabe, também das maiores estrelas de Hollywood. Mas, assim que chega a LA, Becky descobre que sua rotina não será apenas de luxo e glamour. Alicia, uma rival do passado, também está na cidade. E o pior, é a queridinha das mães da concorridíssima pré-escola de Minnie. E o sonho de cuidar do look de Sage parece mais difícil do que ela imaginava. Até porque Luke vive adiando apresentar as duas. Então, por uma manobra do destino, Becky tem a chance de produzir a arqui-inimiga da atriz, e isso pode trazer alguns probleminhas. Pré-estreias, vestidos de gala, muitos paparazzi à sua volta, aulas de ioga e infinitas compras na Rodeo Drive. Claro que isso não acontecerá sem muitas encrencas e confusões. Será que Becky está mesmo perto de conseguir tudo o que sempre sonhou? (Fonte)
Minha relação com Becky Bloom começou lá atrás, em 2009, quando eu ainda frequentava locadoras. Aluguei o filme, gostei e li de uma vez os cinco livros existentes até então. Dois anos depois, estava em na Bienal do Livro do RJ, comprando o inesperado sexto livro no lançamento. Mais alguns anos se passaram e, mais uma vez, eu pensei que não teria mais notícias da minha viciada em compras favoritas, mas ela voltou - ela sempre volta.

Nesses 7 anos, ela se tornou mais que uma personagem qualquer, mas quase uma amiga a quem acompanho. Eu tenho muito isso de me aproximar tanto dos personagens que eles acabam se tornando reais para mim. Eu torço, eu rio, eu choro, eu brigo, eu falo deles como se fossem reais. Becky é essa amiga que aparece de vez em quando e que eu já sei o que esperar dela. Longe de ser perfeita, ela traz não apenas seu vício em compras, mas também as soluções mais loucas para os problemas que encontra.

Becky Bloom em Hollywood - Shopaholic to the stars - Sophie Kinsella
Isso foi algo que me chamou a atenção nesse último livro e que me levou a um novo nível de identificação com a personagem: ela é uma resolvedora de problemas extremamente criativa. Criativa demais. E é essa criatividade que a coloca em altas confusões com essa turminha do barulho de Hollywood. Ela chega à cidade com um objetivo e está determinada a alcançá-lo. Porém, como de costume, ela não percebe as consequências de seus atos ao longo do caminho.

Uma coisa que me incomodava nos primeiros livros da série era a falta de evolução da personagem, mas acho que agora já me acostumei. As pessoas mudam, mas não mudam. À medida em que vão chegando os capítulos finais, a gente percebe que talvez tenha chegado a hora em que as consequências serão maiores do que ela consegue administrar. Isso acontece em todos os livros, mas senti que nesse foi mais sério - ela não está colocando em risco uma conta bancária, mas vários relacionamentos com pessoas importantes.

Tudo isso me fez me identificar com a personagem mais do que nunca. Vocês sabem, eu adoro resolver problemas e sou bastante decidida - teimosa para a minha mãe, controladora para as minhas irmãs, perfeccionista para os meus colegas de trabalho. Esse livro chegou a mim em um momento certo. Foi engraçado, me fez rir muito, mas também me fez olhar de forma diferente para algumas situações do meu cotidiano, o que foi bom para mim. Como sempre digo, eu acredito muito no poder da ficção para afetar a vida real. Mesmo as histórias mais despretensiosas podem causar um impacto positivo.

Ao contrário de todos os livros anteriores, em Becky Bloom em Hollywood os dramas não são completamente resolvidos, já que ele termina com um gancho enorme para o próximo, Shopaholic to the rescue, já lançado nos EUA. Imagino que ele já vá começar intenso, mas ainda espero dar boas gargalhadas. Aguardem e acompanhem comigo as próximas aventuras dessa minha amiga doida.

CONVERSATION

Back
to top