Brincando de lettering


O post de hoje vai ser curtinho (mas cheio de fotos), porque esta semana está especialmente corrida. Só quero falar um pouco sobre um hobby que adquiri recentemente (e que, por algum motivo, achei que combinaria com os temas de quarta-feira): O lettering.

Lettering (ou handlettering, já que é feito à mão) é, de forma simples, a arte de desenhar letras e descobri sua existência no Instagram. Eu sempre tive a letra bonita (e nenhuma falsa modéstia para negar). Não no estilo "convite de casamento", embora tenha escrito alguns nomes nos da minha irmã, mas bonita no dia-a-dia, nas minhas listas de tarefas e nos bilhetes em post-its que deixo para mim ou para meus colegas de trabalho. Daí que eu comecei a divulgar alguns posts do blog com coisas escritas em um caderno de páginas coloridas que comprei simplesmente por ser bonito. Não demorou muito até eu passar a prestar atenção naquelas fotos com fontes diversas e elaboradas. Pesquisei, vi alguns vídeos, experimentei e descobri que não é difícil!

Para ser completamente honesta, eu ainda não faço tudo só à mão, até porque não tenho necessidade disso, já que não pretendo ser profissional. Normalmente, escrevo a frase em um documento do Word, coloco a folha na frente e passo o lápis por cima - fica a dica para quem quer começar. Mas não importa o método, acabo achando [quase] tudo lindo.

Quem me segue no Instagram já deve ter visto a maioria. Para quem não segue (o que está esperando?), aqui estão as que já postei. Como podem perceber, tem muita letra de música. Minha favorita é a de Masterpiece, que também é uma das minhas músicas favoritas. Também gostei muito da de Lost Stars e a de Unwritten, que foi quando minha caneta acabou e eu quase tive que deixar a página realmente em branco.

E vocês, o que acharam?


Uma foto publicada por Cíntia Mara (@cintiamcr) em













CONVERSATION

Back
to top