[D52] Coisas que me incomodam no mundo contemporâneo


Assim como o tema da semana passada, este também foi um dos que eu não gostei. Primeiro, porque eu o achei parecido com o da Semana 15. Segundo, porque a palavra "contemporâneo" me incomodou. Eu não concordo com esse mimimi generalizado de que “antigamente era melhor”, pois acredito firmemente que os problemas não estão na época, na tecnologia ou no que quer que seja, mas nas pessoas. Portanto, se está ruim, pare de reclamar e faça alguma coisa para mudar. Com tudo isso, este acabou sendo um tema bem difícil.

Desafio das 52 Semanas - Semana 23
Coisas que me incomodam no mundo contemporâneo


1. Polarização

Nos últimos anos, qualquer conversa parece se transformar em uma briga de torcida organizada, em que cada lado só sabe atacar o outro time, sem enxergar as falhas do seu. Ninguém pode pegar os pontos fortes de cada time para montar uma seleção mista, ninguém pode achar que ambos só tem perna de pau, ninguém pode fazer nada que não seja se encaixar em um dos lados pré-definidos.

Se não gosta[va] do governo petista, você é um coxinha-rico-branco que odeia pobres. Mas, se gosta[va], você é um burro ignorante que mama nas tetas do governo. Se não é feminista, você só pode ser machista. Se quer assistir às Olimpíadas, você é alienado; se não quer, é esnobe. Como diz Kelly Clarkson: Você não consegue ganhar.


2. Cobrança

Eu já comentei isso na Semana 15, mas preciso repetir, porque cobranças me irritam MUITO. E o pior é que elas vêm de todos os lados. A pessoas criam expectativas e esperam que o outro as supra completamente, o que vai gerando uma carga de obrigações e de culpa completamente desnecessárias e prejudiciais.

3. Egocentrismo

Ao mesmo tempo em que as pessoas adoram cuidar da vida das outras, elas também acham que o seu umbigo é o centro do universo. Tudo tem que ser do meu jeito, sempre, até o que não é da minha conta. Ninguém pode ter uma opinião diferente da minha, porque isso me ofende e eu não sei lidar.

4. Trânsito

Não tem ninguém que goste de trânsito, certo? Meus piores dias são aqueles em que eu acordo com mensagem da minha irmã no whatsapp avisando de engarrafamento (embora eu possa considerar uma sorte ter alguém para sair na frente e me avisar). Graças a Deus que eu trabalho em uma profissão com horários semi-flexíveis, assim posso evitar ao máximo os horários de pico e usar transporte público (já que carro apenas piora o problema). 

5. Ar-condicionado

Digam o que quiserem, essa máquina de crise alérgica não é de Deus. Você fica lá feliz, achando que ele está apenas te livrando do calor, mas a verdade é que ele está enchendo a sala de ácaros e acabando com a sua saúde. Prefiro os 3°C do inverno chuvoso de Curitiba (ou os 40°C que peguei em um verão no Rio) que 21°C em uma sala de reunião com ar.

Foi difícil, mas a lista não apenas saiu, como acabou me deixando irritada (de novo). Mal posso esperar para relaxar um pouco e falar sobre os meus casais favoritos na próxima semana.

CONVERSATION

Back
to top