[Playlist] Francesca Battistelli


Eu sou uma pessoa naturalmente agitada. Eu não me dou bem com o tédio, gosto de fazer e de ver as coisas acontecendo. E há momentos em que eu fico ainda mais agitada, quase uma criança hiperativa. Nessas horas, qualquer pessoa que não esteja também ligada nos 220V me faz perder a paciência - e, para não ser injusta com quem não tem culpa de nada, eu tento me acalmar e voltar ao normal.

Há alguns anos, eu descobri alguém que parece viver na mesma frequência que eu. Na época,  eu estava terminando a faculdade, de onde pesquisava as letras das músicas que não entendia, e Francesca Battistelli só tinha um álbum lançado, nós duas na primeira metade dos vinte anos. Hoje, eu tenho 30, uma pós, dois idiomas e um trabalho com muito mais responsabilidades que há 7 anos. Ela, aos 31, é casada, tem três filhos e três CDs. Embora nossas realidades tenham divergido bastante, eu ainda me sinto como se tivesse em suas músicas uma amiga que me entende - especialmente quando as amigas de verdade não podem estar comigo o tempo todo.

As coisas nem sempre são o que parecem. Você só está vendo parte de mim. Há mais do que você poderia conhecer, nos bastidores.

Passei por uma situação dessas há alguns dias. Fiquei ansiosa por algo que eu queria muito - que, infelizmente, acabei não conseguindo - e não queria ouvir outra coisa, porque tudo me deixava irritada. Keeping me guessing, que é o toque do meu celular (raramente ouvido, já que sempre deixo no silencioso) e Something more continuam sendo as orações de uma control freak. So long é a que me acalma e me deixa mais leve. Choose to love é o que eu preciso aprender. Free to be me pode não ser mais o nome do meu blog ou a letra que me descreve, mas continua sendo parte da minha história quando eu preciso me lembrar de quem eu sou e quem quero ser. E Behind the scenes traz uma mensagem de não julgamento que eu quero gritar para o mundo. Cada música, uma história. Cada música, uma amiga que, agora, compartilho com vocês.


Gosta de música? No Twitter e na Fanpage do blog, sempre tem bastante. No Pinterest tem fotos e citações. E no Snapchat (cintia.mcr) você pode ou não me ouvir cantando de vez em quando.

CONVERSATION

Back
to top