[D52] Se eu pudesse trocar de profissão...


Eu já quis ter várias profissões diferentes. É até engraçado esse tema cair justamente nesta semana, porque os últimos dias foram extenuantes, mas é nessas horas que eu tenho mais certeza de que fiz a escolha certa. É muito fácil estar contente quando tudo dá certo e os dias correm conforme o planejado. Mas, se eu consigo chegar ao final de um dia pesado tendo certeza de que é isso o que eu quero continuar fazendo no dia seguinte, eu sei que estou onde deveria estar.

Por outro lado, eu estaria mentindo se dissesse que nunca pensei em como seria a minha vida se eu tivesse escolhido outro dos vários caminhos que já quis seguir. Até mesmo dentro da computação eu já passei por muitas bifurcações que poderiam ter gerado resultados completamente diferentes. E esses resultados raramente são apenas profissionais. Como comentei no último post, há várias implicações emocionais envolvidas. Eu não sou o meu trabalho, mas ele é, sim, uma parte importante de quem eu sou hoje, da minha identidade.

Por tudo isso, eu gostei muito do desafio desta semana - porque me imaginar fazendo qualquer outra coisa é me imaginar sendo outra pessoa.

Desafio das 52 semanas - Semana 26

Se eu pudesse trocar de profissão, eu seria...


1. Física

O meu amor pela Física já não é nenhum segredo para os leitores do blog. Foi por muito pouco que eu não a escolhi quando prestei vestibular e a única razão para isso foi o mercado de trabalho. Em 2003, Computação era considerada a profissão do futuro, que gerava milhares de empregos e dava muito dinheiro. Física, por sua vez, parecia ter opções muito limitadas, principalmente porque eu não tinha a menor vontade de ser professora. Cheguei a fazer algumas aulas optativas/eletivas no departamento de Física da universidade, elas eram quase uma "hora do recreio" em meio às disciplinas que eu precisava levar a sério, e acabei passando com ótimas notas.

2. Escritora

Imagino que possa parecer estranho que uma Cientista da Computação apaixonada por Física queira ser escritora, mas a verdade é que eu sou uma Garota de Exatas™ com um pé nas Humanas. Vocês sabem o quanto eu amo ficção. Esta foi uma das primeiras profissões que eu pensei em ter - junto com cabeleireira e repositora de mercadorias em supermercados. E ainda gosto de escrever, sempre tenho várias ideias, que podem ou não ser boas e que podem ou não se concretizar algum dia.

3. Piloto de avião

Outra coisa que estranha: Uma pessoa que morre de medo de altura querendo pilotar aviões. Vamos fingir que esse o medo não existe. Vamos fingir que eu não tenho pesadelos envolvendo lugares altos. Vamos fingir que eu não tenho certeza que vou morrer sempre que ouço a palavra "turbulência".

Pilotar aviões deve ser muito melhor do que apenas voar em um. Primeiro, você está sendo pago para viajar e não o contrário (sim, eu sei que é tudo trabalho, mas os profissionais das companhias aéreas acabam passando uma ou outra noite em lugares diferentes). Segundo, você sabe o que está acontecendo. É a Física bem ali nas suas mãos!

4. Engenheira

Essa é uma escolha lógica para quem fez Ciência da Computação. Há vários cursos de Engenharia que eu poderia fazer e várias áreas em que poderia atuar. Cheguei até a cogitar Engenharia Mecânica no vestibular.

5. Jornalista

Essa é outra profissão que já cogitei a sério, principalmente por eu gostar de escrever. Mas acho que eu não seria uma boa jornalista, porque há várias partes da profissão que eu odiaria, como a parte de correr atrás de entrevistas ou de escrever sobre coisas que não são do meu interesse. E eu nunca na vida gostaria de ser repórter de televisão - a menos que fosse correspondente de eventos culturais na Itália, ou em Nova York, em Los Angeles ou qualquer outro lugar legal, mas tenho certeza que seria necessário cobrir muito vandalismo em ônibus antes disso.

Tem alguém aí em alguma dessas profissões? Se sim, deixe um comentário me contando se as minhas impressões estão certas. Caso contrário, comente também, me diga o que você gostaria de fazer se pudesse mudar de profissão. Alguém quer vir pra Computação?

CONVERSATION

Back
to top