3 livros que me surpreenderam

3 livros que me surpreendera

Para quem gosta de ler, não há nada melhor do que um livro que supera todas as nossas expectativas - sejam elas altas ou baixas. Infelizmente, elas estão quase sempre altas, o que faz com que as decepções acabem sendo mais frequentes. Eu mesma tive algumas decepções recentes - que vocês podem acompanhar no meu Skoob - e, agora, estou procurando por livros que me surpreendam e que me deixem com vontade de ler o tempo todo.

Dentre os vários títulos da minha estante, separei três daqueles que eu comecei sem esperar muito e que acabei me empolgando de uma forma incomum. Não são favoritos, mas penso neles com carinho, pois me trazem boas lembranças e vocês também merecem conhecê-los.

3 livros que me surpreenderam


1. Tudo o que ela sempre quis (Barbara Freethy)

Tudo o que ela sempre quis - Barbara Freethy

A busca por um terrível segredo pode não ser a melhor opção

Ela era a melhor amiga deles, ou assim eles pensavam — até anos mais tarde, quando seus segredos os levam a uma perigosa busca pela verdade sobre quem ela realmente fora... e por que morrera...

Dez anos atrás, em uma festa louca, a linda e estonteante Emily caminhava para sua morte, deixando seus três melhores amigos e suas "irmãs" — Natalie, Laura e Madison — devastados. Nenhum deles esquecera aquela noite — ou o papel que cada um teve na morte de Emily, a culpa que os persegue e a perda que ainda sofrem.

Agora, um escritor desconhecido entra na lista dos livros mais vendidos com um romance similar à história deles. Quem é ele? Como ele sabe os detalhes íntimos de suas vidas? E por que ele está acusando um deles como assassino? Quando eles começam a desvendar a verdade sobre a amiga em comum, irão redescobrir um amor que ela perdeu há muito tempo e descobrir segredos que vão mudar sua vida para sempre... (Fonte: Skoob)

Quando falo em livros que superam expectativas, Tudo O Que Ela Sempre Quis é sempre o primeiro que me vem à mente. Recebi dois exemplares em 2012, quando tinha parceria do meu antigo blog com a editora Novo Conceito e me lembro de começar a ler sem saber o que esperar. Pela sinopse, a capa e as resenhas, poderia ser qualquer coisa. E acabou sendo uma história muito bem construída, com personagens cativantes e um balanço quase perfeito entre romance, drama e mistério. Digo "quase", porque, segundo os meus registros da época, "o mistério poderia ter tido um pouco mais de espaço. Não me lembro bem dessa parte, o que não me esqueço é de como me apaixonei pelos personagens e o quanto torci por eles - em especial, por Natalie, cuja história com Cole, irmão de Emily, tem mais destaque que as dos demais protagonistas. Os dois são pessoas imperfeitas e machucadas, uma receita certa de me agradar. Embora tenha medo de, ironicamente, esperar demais e acabar me decepcionando, é um livro que eu tenho muita vontade de reler.

Tudo o que ela sempre quis - Barbara Freethy

2. O coração de Sofia (Lori Wick)

O coração de Sofia - Lori Wick

Sofia, uma moça culta que morava na Tchecoslováquia, país do leste europeu durante os anos 1980, é incentivada por sua avó, com quem morava, a tentar a vida nos Estados Unidos – o país das oportunidades. Deixar a sua querida avó foi muito difícil, mas como só ela conseguiu permissão para viajar, foi em frente pedindo a Deus que guiasse seus passos. Ao chegar à América teve muitas decepções, como só conseguir trabalhar em subempregos, mesmo sendo tão capacitada. O pior de tudo, porém, era a profunda solidão que a sufocava.

Foi então, que Sofia recebeu um convite para trabalhar em uma casa cuja mãe/esposa havia sofrido um terrível acidente e morrido, deixando os filhos e o marido desarraigados e perplexos. Mas o que fazer com o preparo que Sofia recebera nas melhores universidades de seu país, bem como com sua experiência de trabalho junto aos órgãos federais? Valeria a pena abrir mão de tudo e dedicar-se a trabalhar na reconstrução emocional daquelas pessoas? Será que ela seria a pessoa adequada, dadas as condições de ambas as partes? (Fonte: Editora Hagnos)

O Coração de Sofia foi um livro que comprei por engano. Não sei mais o que estava procurando na época, porque já faz muito tempo, mas me lembro perfeitamente de chegar em casa e descobrir que não era ele. Por isso, ele ficou esquecido na minha estante por anos, até que a Tatiana o escolheu como minha leitura do mês no Clube das Chocólatras, também em 2012. Não fiquei animada para começar. Eram mais de 600 páginas do que parecia ser apenas romance - e eu não gosto de romances que são apenas romance. Estava enganada. Aquelas páginas eram pouco para tudo o que acontecia na vida daquelas pessoas tão complexas. Não é apenas uma história de amor romântico, mas de amores em vários níveis dentro de uma família que precisa seguir em frente. Quem já perdeu alguém mais ou menos próximo sabe o quanto isso é complicado e o quanto pode demorar, então, muita coisa acontece e os personagens evoluem aos poucos, de uma forma muito bonita que me deixou com uma sensação boa, da qual ainda me lembro.

O coração de Sofia - Lori Wick

3. Annabel & Sarah (Jim Anotsu)

Annabel & Sarah - Jim Anotsu

Annabel & Sarah conta a historia de duas irmãs gêmeas, mas muito diferentes. Annabel, uma garota cheia de atitude e sarcasmo, não se entusiasma com a ideia de passar um fim de semana com a irmã Sarah, uma garota alegre e apaixonada por moda que mora com a mãe do outro lado da cidade. As coisas se transformam numa viagem à loucura quando mãos surgem de uma TV e sequestram Sarah. Agora, cabe a Annabel unir forças com um lobo detetive particular e encontrar a flor Amor-Perfeito, a única coisa capaz de salvar sua irmã de um lugar onde todos são obrigados a serem felizes. (Fonte: Skoob)

Annabel & Sarah foi um livro que ganhei em um sorteio na internet e que li no mesmo ano dos outros dois, mas como parte do Desafio Literário de que eu costumava participar. Se não fosse por isso, ele estaria não lido até hoje ou já teria sido doado para a biblioteca do meu bairro, pois tudo indicava que eu ia odiar. É uma história adolescente, de um autor nacional que eu desconhecia (e vale lembrar que, naquela época, a maioria das resenhas positivas de livros nacionais nos blogs não era confiável) e era uma fantasia que remete a Alice no País das Maravilhas - eu não gosto de fantasia e não gostei de Alice. A surpresa aqui foi imediata, porque a personagem Annabel é muito parecida com o que eu era na adolescência - e que, talvez, ainda seja. É difícil eu não gostar de um livro quando me identifico dessa forma com um personagem, mas o livro conseguiu me surpreender ainda mais quando percebi que a jornada das irmãs é muito mais interessante que a de nossa velha conhecida pelo país das maravilhas. Não tenho planos de reler, mas é um dos livros que ofereço quando alguém precisa de algo para essa faixa etária e recomendo para quem gosta de fantasia.

Annabel & Sarah - Jim Anotsu

Essas são minhas recomendações; agora, é a sua vez: Qual foi o último livro que te surpreendeu e que você indicaria?

CONVERSATION

Back
to top