Em Setembro - Aquele que durou 70 dias


Em Agosto e várias vezes antes dele, eu comecei a escrever o resumo do mês pensando em como o tempo estava passando rápido. O nono mês do ano, por sua vez, chegou em seu próprio ritmo e não queria ir embora de jeito nenhum. A última semana foi especialmente longa, dado que estou entrando de férias. Sim, de novo. Sim, eu tiro férias duas vezes ao ano, porque 30 dias de uma vez é muito para mim. Viajei em Abril e, agora, pretendo adiantar meus trabalhos da pós. Mas, para alegria da minha chefe, essas férias pareciam não chegar nunca e eu entendi completamente o moço do Green Day querer dormir o mês todo.

Apesar disso (e apesar de já ter me trazido notícias muito ruins em outros anos), Setembro sempre foi e continuará sendo meu mês favorito. É primavera! Ou, pelo menos, é primavera quando não tem um ar-enviado-das-profundezas-das-trevas-condicionado querendo me matar de sinusite. Os dias duram mais, as ruas estão mais bonitas, eu não preciso mais andar de casaco.

Semanas antes da mudança de estação, comecei muito bem o mês, sobrevivendo a um casamento vegano que trouxe gente do norte e do sul (e de outras bandas do sudeste) para celebrar. Além disso, também teve encontrinho com a Annie e a Lu, happy hour e karaokê com os amigos do trabalho e encontro das Chocólatras. Tudo ótimo, mas agora parece que as coisas vão se acalmar um pouco pelos próximos dois meses, para recomeçar novamente a tradicional loucura de dezembro. Não estou reclamando; sou uma dessas pessoas que gosta tanto de sair com os amigos quanto de passar o fim de semana vendo série sozinha em casa.

Destaques

Planejamento - Deu tudo errado, e agora?

Fico feliz que este post tenha sido um dos mais visualizados, pois é um sinal de que está sendo útil e ainda tenho mais o que falar sobre o assunto.

Playlist - Switchfoot

Posts de música não costumam ser muito populares, mas esse me surpreendeu positivamente. E vale a pena, Switchfoot é muito bom.

Desafio das 52 semanas - O que, de melhor, o mundo virtual me trouxe

Um dos meus posts favoritos do desafio, falando de coisas boas e que me deixam feliz.

Amor plus size - Larissa Siriani

O livro que começou a me tirar da Grande Ressaca Literária de 2013 (sim, 2013).

#Rio2016 - Meus esportes favoritos

Post de Agosto, bom para lembrar as Olimpíadas que, mesmo com os jogos Paralímpicos tendo terminado há apenas duas semanas, já parece ter sido há muito tempo.

Em Setembro, eu...


Li

Eu li! Vocês não sabem o quanto eu fico feliz por voltar a ter um ritmo regular de leitura. Eu não gosto dessa ideia de "ter que ler" ou de que a leitura vá me fazer uma pessoa melhor, então, eu não me cobro quanto a isso. Mas a verdade é que eu estava sentindo falta. Eu amo histórias, eu amo personagens, eu amo aprender coisas novas e, durante todo o tempo em que eu não sentia vontade de ler, ao mesmo tempo, eu queria muito querer. Foram 3 livros e meio no mês, sendo que o atual tem mais de 600 páginas, não me incomodo de demorar um pouco mais na leitura dele. Não sei se terei espaço para postar sobre todos, então, se quiserem saber sobre algum em particular, deixem a sugestão nos comentários, que isso me ajudará quando tiver que escolher. São eles:

Além deles, também terminei Gerente não é gente, que um antigo gerente me recomendara e comecei a ler em 2014, e Melhor que sorvete na chuva, um conto minúsculo da Vanessa no Wattpad.

Assisti

Assisti menos coisas do que eu gostaria. Setembro é o mês da Fall Season, quando a maioria dos seriados americanos volta com suas novas temporadas. Minha favorita de todas as atuais - que vocês já estão cansados de saber que é favorita, mas continuarei falando - You're the worst, começou no final de Agosto uma temporada que se encaminha para ser mais intensa que a segunda. Outras que voltaram foram The big bang theoryModern family, Younger e Superstore, além do The Voice, que eu não sei se conseguirei seguir até o fim da temporada, já que sempre abandono, mas, até agora, está ótimo com a presença das novas coaches Alicia Keys e Miley Cyrus.
Minha situação atual - sem contar as temporadas que ainda não começaram

Das séries novas, comecei a assistir - e amei - The good place e Speechless. Também comecei Better Things, mas acho que não vou continuar com ela. Por fim, assim que tiver algum tempo, verei Easy, da Netflix.

Percebam que só tem comédia na minha lista. Já comentei sobre isso, estou com uma forte tendência a abandonar os dramas. Não que eu não goste de sofrer ou me emocionar, mas ainda estou me recuperando dos que abandonei e, sinceramente, não aguento mais essas histórias forçadas que desaparecem com personagens sem explicação alguma ou mudam as personalidades para se encaixar na história que vai dar mais audiência no momento. As comédias, por outro lado, tem conseguido me emocionar e me fazer ansiar por novos episódios a cada semana. Sinto que preciso escrever um post só sobre isso no blog, antes que alguém me mande parar de reclamar no Twitter

Em breve...


Esta será a primeira vez desde 2009 que passo as férias sem viajar. Estou planejando algumas coisas que poderão resultar em posts. De qualquer forma, fiquem ligados no meu Twitter pessoal e no Instagram, porque é nessas redes que as coisas acontecem em tempo real. E não se esqueçam do sorteio! Venham comemorar o aniversário do blog e concorram a dois vales-presente de R$25. Para mais informações, clique na imagem.


CONVERSATION

Back
to top