4 marcas para os cabelos que moram no meu coração


Há algumas semanas, eu contei para vocês quais são minhas marcas favoritas de maquiagem; agora, resolvi fazer o mesmo com os produtos para os cabelos. Nesse caso, porém, cuidar dos meus cabelos não é algo que venho aprendendo recentemente, eu sempre tive um relacionamento com eles. Um dia, posso contar toda a história, mas neste momento vocês precisam saber apenas que eu já usei muitas marcas, muitos tipos de produtos diferentes e com as funções mais variadas. Já usei produtos caros e produtos baratos, marcas badaladas e marcas desconhecidas, produtos bons e produtos que abandonei com dor no coração por cada centavo jogado fora - para não falar de tudo o que minha mãe e minhas irmãs herdaram.

O relacionamento entre eu e meus cabelos já tiveram várias fases, e a atual é a de troca de química (de progressiva para relaxamento), o que significa que minha raiz está natural e eu acabo tendo que usar uma variedade enorme de produtos. Assim, é um ótimo momento para separar o joio do trigo e investir naqueles produtos que vão me deixar feliz por mais tempo.


4 marcas para cabelos que moram no meu coração


4. Tresemmé

Eu me lembro quando a marca chegou ao Brasil e popularizou opções que, até então, só eram conhecidas pelos profissionais e me arrisco a dizer que a Tresemmé tem boa parte do mérito pela variedade de produtos que encontramos hoje. Houve uma época em que ela era a principal marca no meu armário; hoje, é um lugar seguro, aonde eu sei que posso voltar quando não encontrar algo me satisfaça em outras prateleiras. Não é a melhor, mas cumpre o que promete - pelo menos nas linhas que atendem a cabelos secos, com progressiva e eventual tintura.


3. Acquaflora

Há pouco mais de um ano, eu descuidei um pouco dos meus cabelos e eles reclamaram bastante. Eu sempre tive muito cabelo, mas nessa época eles começaram a diminuir e perder o volume. Após ler praticamente todos os rótulos na loja de cosméticos próxima à minha casa, levei as linhas de nutrição e restauração da Acquaflora, que melhoraram a textura dos meus fios logo no início. Já no primeiro uso, a linha de restauração deixou os fios mais encorpados e o liso ficou mais natural. Usei por um ano e só parei quando me cansei do liso progressiva e entrei nessa semi transição, que já dura dois meses e só está prevista para terminar daqui a outros dois ou três - o que me leva ao próximo item.


2. Salon Line

Com a popularização dos cabelos naturais e das técnicas de lavagem com pouco ou nenhum shampoo, uma das marcas que vêm ganhando destaque é a Salon Line. O que alguns não sabem é que a marca é velha conhecida de quem já relaxou os cabelos e, se não me engano, já produzia shampoo sem sulfato há muito tempo.

Se você tem os cabelos crespos ou cacheados, sejam naturais ou alisados, esta pode ser a sua melhor amiga. Atualmente, a maioria dos produtos que utilizo são Salon Line, desde que aderi ao do-meu-jeito-poo (termo de minha propriedade, então não ousem repetir ou processá-los-ei), que é a técnica de usar shampoo anti-resíduos (para diminuir os efeitos da progressiva) aos fins de semana e produtos menos agressivos nas demais lavagens. Estou apaixonada pelo pré-shampoo/co-wash, que uso na função pré-shampoo e já retira a maior parte da sujeira e deixa o cabelo macio, com uma sensação boa de hidratação.

1. Vizcaya

Se a Salon Line é a melhor amiga, a Vizcaya é o grande amor da vida dos meus cabelos - especialmente a linha com queratina para cabelos alisados. Meus cabelos ficam leves, macios, fáceis de modelar, impossível não amar. O único problema é a dificuldade para encontrar os produtos, pois não tem nas lojas onde costumo comprar, apenas nas drogarias, onde acaba sendo mais caro. Há anos espero que a disponibilidade aumente nas lojas mais populares da RMBH, mas continuo me frustrando, o que é uma pena, porque meus cabelos respondem muito bem aos produtos.

Agora, que já conhecem minhas marcas favoritas para produtos capilares, me contem quais são as suas, porque indicação nunca é demais. E, se quiser me ver falando mais sobre isso, sempre tem o Twitter, onde falo de tudo, e o Instagram, com minhas selfies depois das festas e meus good hair days no trabalho. Aproveite e siga também a página do blog no Facebook, que já está quase chegando às 500 curtidas.

CONVERSATION

Back
to top