[Mais] 5 jogos favoritos para celular


No ano passado, eu escrevi um post recomendando alguns jogos (e alguns não jogos, mas que eram divertidos) para celular e comentei que eu enjoo fácil de jogos. Isso continua sendo verdade. Os jogos que estão no meu celular hoje são completamente diferentes dos que eu jogava há um ano - sinceramente, a maior parte é diferente dos que eu jogava há um mês. Mas esse é o grupo que mais me agradou nos últimos tempos, então é hora de vocês conhecê-los também.

Mais 5 jogos favoritos para celular


1. The Sims Freeplay (Android | iOS)



Esse é o jogo que eu conheço há mais tempo. Joguei por alguns meses em 2015, parei e voltei com com tudo novo no final de 2016. Embora seja desenvolvido pela mesma empresa que seu irmão famoso, o SFP é bem diferente da versão tradicional para computadores. Aqui, você pode controlar até 34 personagens em 6 idades diferentes - bebê, criança, pré-adolescente, adolescente, adulto e idoso -, construir dezenas de casas e participar de diversos eventos para desbloquear novos itens.

Para mim, a melhor parte é construir e decorar as casas. Começando em branco ou a partir de um template, você pode redimensionar os cômodos em até 5 andares e porão, em lotes com 4 tamanhos diferentes. Todas as casas que criei até agora estão em um álbum do Pinterest. Aqui, minha atual favorita, uma mansão com seis quartos, cinco suítes, piscina, academia, cinema, biblioteca, sala de reuniões e salão de festas (clique para ampliar).


Obviamente, tudo o que se faz dentro do jogo tem um preço, mas felizmente, esse preço não tem que sair do nosso bolso (a não ser que você queira pagar). Dentro do jogo existem três moedas - Simoleons, Pontos de Estilo de Vida e Pontos Sociais. A cada tarefa realizada pelos seus Sims você recebe um pagamento, que serve para construir, decorar ou simplesmente comprar roupas. Ainda tenho mais de 10 casas para construir, então imagino que continuarei jogando por bastante tempo.

2. Bubble Shooter (Android | iOS)


Este é um dos jogos mais simples e com mais variações que eu já joguei. Parte da premissa de reunir 3 peças da mesma cor para eliminá-las. Porém, em vez de mover as peças adjacentes, como no Candy Crush, o que você faz é disparar uma bola contra as outras. A quantidade de níveis é incrivelmente alta, eu estou jogando desde janeiro e estou quase chegando ao milésimo. Alguns possuem dificuldades, como bolas acorrentadas ou cobertas de gelo, cada uma com suas regras, mas a maior parte é para passar o tempo e vencer em uma ou duas tentativas.

3. Stop (Android | iOS)


Stop é a mais nova tentativa da tecnologia de resgatar um dos jogos que muitos de nós adoravam na infância, que aqui em Minas se chamava Adedanha.

Caso você tenha chegado à Terra há pouco tempo, explico: Você recebe uma letra e uma lista de categorias e precisa escrever uma palavra para cada categoria. Na versão de papel, podemos jogar com diversas pessoas e as categorias que quisermos. Quem termina primeira grita "STOP" e contabilizam-se os pontos.

No aplicativo, é um pouco diferente. Cada jogo é contra um único adversário e são apenas 5 categorias por vez. Cada palavra certa te dá uma estrela; se escrever errado, meia estrela. Fácil, não? Sim. Exceto quando a categoria é Pokemon e você nunca viu o desenho na vida. Ou quando a letra é Y. Ou quando seu adversário é um monstro que acerta tudo em menos de 5 segundos. Aí que as coisas ficam interessantes.



4. Trivia 360 (Android | iOS)


Jogos de Trivia são muito comuns e eu fico feliz por isso, pois gosto muito. Neste, você tem um minuto para responder a 10 perguntas sobre diversos temas que escolher, e pode errar até 3. Tenho usado em Espanhol, como uma das minhas ações para treinar idiomas em contextos diferentes e as perguntas variadas estão me ajudando bastante. O melhor de tudo é que é fácil trocar e seu nível continua subindo, independentemente do idioma utilizado.

5. I Love Hue (Android | iOS)


Eu não sei se é só aqui, mas I Love Hue virou febre entre os meus colegas de trabalho. Por não ter o mesmo olhar deles, eu - uma analista de negócios no meio de designers - resisti a experimentar, mas estou viciada já há algumas semanas.

O jogo apresenta uma imagem organizada por cores, que deixa em paz minha alma perfeccionista. Porém, em seguida, ele bagunça aquela imagem, formando um quebra cabeças. O desafio é organizas as cores novamente, com o mínimo possível de movimentos. São cerca de 500 desafios, organizados em níveis de dificuldade que crescem lentamente. Com menos de um mês, já fiz 135.


Para terminar, o Ministério da Saúde adverte: Alguns desses jogos podem te levar a 1) Perder a hora de descer do ônibus. 2) Não prestar atenção nos episódios das séries. E 3) Esquecer-se de colocar os brincos na hora de sair para o trabalho.

Apreciem com ou sem moderação.

CONVERSATION

Back
to top